5 Dicas para ajudar você a escolher um curso de dança de salão

Se você está pensando em fazer matrícula num curso de dança de salão, acompanhe este texto, pois vamos dar algumas dicas para te ajudar.

Estamos falando de um país continental que vive diversas realidades diferentes, em algumas cidades existem algumas escolas de dança de salão, em outras cidades existem somente uma escola, em outras existe um profissional que usa uma sala de outro espaço, como por exemplo academias de musculação ou de outras danças, para dar aulas de dança de salão, e sabemos que na maioria das cidades brasileira, não há nem escolas, nem profissionais de dança de salão desenvolvendo este trabalho.

Para as pessoas que vivem nas cidades que tem mais de uma escola de dança de salão e querem fazer um curso, é importante observar alguns aspectos que vão colaborar na escolha mais acertada, veja só:

  1. A localização: um dos fatores que colaboram muito hoje em dia é escolher locais que sejam próximos a sua casa ou seu trabalho, assim você não precisará gastar muito tempo com deslocamento para fazer o curso, e a chance de desistir por preguiça será menor.
  2. O valor: é importante fazer uma pesquisa de preços para planejar seu orçamento de maneira que comporte o valor do curso, evitando imprevistos nas suas contas. Porém é importante verificar a qualidade do curso, pois nem sempre o mais barato é comparável com a qualidade de outra escola que cobra mais caro. Você vai precisar equilibrar este aspecto com o próximo item;
  3. Conheça a escola e se possível faça uma aula experimental. Algumas escolas permitem que clientes façam uma aula experimental para conhecer o método, conhecer o professor, conhecer a estrutura, se for este o caso da escola que você está procurando, aproveite esta oportunidade. Caso as escolas que você está pesquisando não permitam que você faça uma aula experimental gratuita, você tem outras duas opções: a) pagar uma aula avulsa, assim você não precisa pagar mais do que o necessário para experimentar; b) assistir uma aula, assim pelo menos você poderá acompanhar e observar a didática e os outros alunos.
  4. Observar ou perguntar qual é o público que frequenta a escola, como por exemplo a faixa etária e o estado civil, pois vai colaborar para que você escolha a mais parecida com sua realidade e assim você se familiarizará com mais facilidade, colaborando para que seu aprendizado seja mais divertido e estimulante.
  5. Converse com o professor e observe se você se identifica com ele, com a didática que ele usa ou se ele é simpático.

Analise todos os pontos acima e o que mais for necessário para lhe deixar mais seguro em relação a sua escolha, lembrando que não existe escola perfeita, professor perfeito, parceiro perfeito etc, então escolha o que for mais importante para você, e se precisar mudar de escola depois, faça isso se for melhor para você.

E se você quer aprender dança de salão mas não tem nenhuma escola ou nenhum profissional que possa lhe ajudar, você poderá aprender em casa com Dance Mais Online, inovador curso de danças de salão online, disponível para você fazer aula 24h por dia, em qualquer lugar, aprendendo de maneira fácil mesmo que você não saiba dançar nada, e ainda ganhando tempo e economizando dinheiro.

Se quiser experimentar uma vídeo-aula gratuitamente, sem compromisso, clique aqui, preencha seu nome e seu e-mail e receba em seguida o link para fazer a aula agora mesmo.

E o mais importante, não pare de aprender a dançar por causa de uma escola ou de um professor que você não se adaptou, troque de escola, troque de professor, mas persista no seu aprendizado, pois dançar é muito bom e faz muito bem para o corpo e para a mente.

Veja nosso vídeo do Canal Dance Mais Online do YouTube falando sobre este assunto: